Disciplinas

Disciplinas Obrigatórias

PCF 501- Seminário I (Mestrado)

PCF 502- Seminário II (Mestrado)

Capacitação dos discentes de Mestrado em Ciência Florestal na apresentação de trabalhos. Todo discente matriculado na unidade curricular Seminário I do Mestrado em Ciência Florestal deverá assistir aos seminários programados durante o período em que estiver matriculado e discentes matriculados  em Seminário II deverão assistir e participar aos seminários programados durante o período em que estiver matriculado, devendo o aluno apresentar um (01) seminário relacionado ao tema da sua dissertação.

PCF 506- Seminário III (Doutorado)

PCF 507- Seminário IV (Doutorado)

Capacitação dos discentes de Doutorado em Ciência Florestal na apresentação de trabalhos. Todo discente matriculado na unidade curricular Seminário III e IV deverá assistir aos seminários programados durante o período em que estiver matriculado, devendo o aluno apresentar um (01) seminário relacionado ao tema da sua dissertação ou tese.

PCF 504 – Língua Inglesa (Mestrado e Doutorado)

Língua inglesa como instrumento de acesso a informações científicas; Tendências da publicação científica brasileira; O processo de leitura e compreensão em língua estrangeira. Desenvolvimento de habilidades e estratégias de leitura, a compreensão de textos em inglês, buscando uma atitude crítica e de participação sobre a leitura, no acesso à informação e compreensão do vocabulário técnico.

PCF 619- Estágio Docência I (Mestrado)

PCF 639 – Estágio Docência II (Doutorado)

Elaboração de planos de aulas. Capacitação em docência em aulas práticas e teóricas sobre temas específicos com acompanhamento do(s) professore(s) orientador (es).

Disciplinas da Área de Concentração

PCF 600 – Recuperação de Áreas Degradadas

Caracterização de área degradada. Fontes e efeitos da degradação ambiental. Legislação pertinente à recuperação de áreas degradadas. Plano de recuperação de áreas degradadas-PRAD. Atividade mineraria e seus impactos ambientais. Atividades agropecuárias e seus impactos. Diagnóstico das condições de sítio. Caracterização de substratos. Salvamento e reintrodução de plantas (germoplasma) em empreendimentos minerários. Principais estratégias de recuperação de áreas degradadas. Armazenamento e reintrodução de solo “topsoil” e serapilheira; Revegetação e princípios ecológicos aplicados à recuperação de áreas degradadas. Seleção de espécies para recuperação de áreas degradadas. Métodos de implantação. Métodos de enriqucimento e regeneração natural. Custos de recuperação de áreas degradadas. Indicadores de avaliação e monitoramento da recuperação de áreas degradadas

PCF 601- Ecologia Aplicada a Restauração de Ecossistemas

Distúrbios e medidas mitigadoras de impactos em ecossistemas naturais. Diagnóstico das condições de sítio. Sucessão ecológica. Interações ecológicas. Ciclagem de nutrientes. Legislação ambiental.  Práticas em Restauração Ecológica

PCF 605 – Propagação de Espécies Florestais

Aspectos gerais da propagação de espécies florestais. Biologia da propagação. Propagação assexuada. Propagação sexuada. Métodos e técnicas de produção de mudas de espécies florestais. Avaliação da qualidade de mudas. Viveiros Florestais

PCF 608- Melhoramento Florestal

Sistemas reprodutivos e variações em espécies florestais. Conservação genética. Domesticação de espécies florestais. Genética de populações. Métodos de melhoramento aplicados às espécies arbóreas. Testes de procedência e progênie. Seleção em árvores. Hibridação. Aspectos quantitativos do melhoramento florestal. Biotecnologia Florestal. Melhoramento de espécies exóticas e nativas. Silvicultura clonal

PCF 611- Métodos de Amostragem e Análise da Vegetação

Métodos de classificação formal da vegetação, fitossociologia e classificação, métodos subjetivos e objetivos de classificação formal, técnicas de classificação hierárquica aglomerativa e divisiva; Análise de gradientes e métodos de ordenação: análise direta e indireta de gradientes, ordenação polar, análise de componentes principais e análises de correspondência simples, retificada e canônica. Análise da dependência espacial e partição da variância.

PCF 612- Métodos Estatísticos Aplicados a Ciência Florestal

Planejamento de experimentos; Princípios básicos da experimentação; Modelos estatísticos experimentais comumente utilizados em ciência florestal; Correlação; Modelos de Regressão linear; Avaliação de modelos de regressão; Teste de Identidade de modelos lineares.

PCF 616 – Biologia de Insetos

Reprodução e desenvolvimento dos insetos; Fatores ambientais no desenvolvimento dos insetos; Tabelas de vida; Interação inseto planta; Nutrição de insetos; Criações massais; A Biotecnologia no estudo de biologia de insetos; Variabilidade e microevolução; Biologia de grupos especiais.

PCF 617 – Silvicultura e Solos Florestais

Implantação e manutenção de povoamentos florestais mistos e homogêneos; Desbaste e desrama; Regeneração e reforma de povoamentos florestais; Escolha de espécies florestais para reflorestamento; Efeitos dos tratos culturais no crescimento da floresta. Biomassa e ciclagem de nutrientes em espécies arbóreas; Relação solo-planta: disponibilidade de nutrientes/nutrição de plantações florestais. Influência das condições edafoclimáticas nas relações ecofisiológicas em plantações florestais; Propriedades do solo e o crescimento florestal; Fertilização de florestas; Dinâmica do crescimento de plantações florestais; Produtividade e classificação de sítios florestais. Manejo florestal intensivo e sustentação da produtividade do solo.

PCF 618 – Nutrição Mineral e Adubação de Espécies Florestais

Funções dos nutrientes minerais; Exigências nutricionais, amostragem e diagnose do estado nutricional de espécies florestais; Amostragem e principais métodos de avaliação da fertilidade dos solos florestais; Análise química e física de solos; Fatores Intensidade, quantidade e capacidade tampão; Leis de adubação; Recomendação de Adubação para espécies florestais; Confiabilidade das recomendações e curvas de resposta; Análise econômica.

PCF 623 – Ecologia de campo

Planejamento da amostragem: decisões sobre sistema de amostragem e critério de inclusão. Instalação das unidades amostrais. Coleta de dados no campo: atributos e variáveis da vegetação e do meio ambiente. Práticas de coleta e identificação de material botânico.

PCF 624 – Biotecnologia Vegetal

Introdução à Biotecnologia Vegetal; Tecnologia do DNA recombinante; Métodos de clonagem de genes; Protoplastos e hibridação somática; Marcadores moleculares; Genômica Vegetal; Transcrissômica e Proteômica Vegetal; Obtenção de plantas geneticamente modificadas (PGMs); PGMs na Fitorremediação; Aspectos Legais.

PCF 628- Controle Biológico de Insetos

Introdução; Agentes do Controle biológico; Controle Biológico Natural; Controle Biológico Aplicado; Controle Biológico Clássico; Bases ecológicas do Controle Biológico; o Controle Biológico no Manejo Integrado de Pragas; Visita a uma biofábrica.

PCF 630- Ecologia Vegetal

Princípios e conceitos básicos em ecologia, ciências do ambiente e fisiologia vegetal. Modulo I: base fisiológica do comportamento dos vegetais em relação aos fatores ambientais visando o entendimento dos processos de colonização, competição, dominância, sucessão e co-existência. Modulo II: Populações: modelos de dinâmica populacional, estrutura etária e espacial de populações vegetais, dispersão e metapopulações. Comunidade: definição de comunidades vegetais, composição e diversidade de espécies, gradientes ambientais, classificação e ordenação de comunidades, competição e coexistência, perturbação e sucessão, dinâmicas neutras e de não equilíbrio, comunidades controladas por fundação e por competição.

PCF 631- Dinâmica de Ecossistemas: análise de geossistemas

Os grandes domínios geotectônicos do Brasil: Cinturões móveis e áreas cratônicas e bacias sedimentares fanerozoicas. Principais agentes modeladores da paisagem geológica brasileira ao longo do tempo geológico, suas interações com a formação dos solos, domínios vegetacionais. Correlação rochas, rede de drenagem e solos, vegetação e paisagem natural. Métodos de datação e geotecnologias alidados ao entendimento da paisagem

PCF 632 – Fitogeografia do Brasil

Relações entre os elementos fisionônicos, com ênfase nos geomorfológicos e climáticos, e a vegetação brasileira; Origem e formação das vegetações florestais, savânicas e campestres do Brasil; Flutuações da Paleovegetação e Paleoclimas do Quaternário do Brasil; Domínios fitogeográficos brasileiros, Sistemas de classificação da vegetação brasileira

PCF 633- Técnicas e Operações Florestais aplicadas a colheita e ergonomiaSistemas, Métodos e Operações de Colheita Florestal; Planejamento, Produtividade e Custos; Inovações Tecnológicas; Gestão da Produção; Logística e Gerenciamento de Frotas; Resíduos da Colheita; Avaliação de Impactos Ambientais da Colheita; Abordagem Ergonômica de Sistemas; Antropometria e Biomecânica Ocupacional; Fatores Ambientais; Avaliação do Posto/Ambiente de Trabalho; Segurança no Trabalho.

PCF 635 – Florestas Energéticas

Manejo de espécies nativas regionais e exóticas para produção de energia. A biomassa da floresta e da indústria. Madeira como material combustível. Processo de pirólise e hidrólise. Carvão vegetal. Construções e operações de fornos de carbonização de madeira. Gaseificação da madeira. Produção de metanol e etanol a partir da madeira. Unidade geradora de energia. Controle de poluição.

PCF 637 –  Análises Espaciais e Ambientais 

Sensoriamento Remoto. Sistemas de Informações Geográficas. Geotecnologias aplicadas ao setor florestal. Representação do mundo real. Análise de dados espaciais. Novas tecnologias no mapeamento e monitoramento da paisagem

PCF 640 – Manejo florestal de precisão

Sensoriamento remoto de alta resolução. Veículo aéreo não tripulado. Coleta e processamento de dados georreferenciados. Computação aplicada ao manejo florestal

PCF641 – Redação Científica

Método científico na elaboração de um bom artigo científico. Objetivos e qualidades do conteúdo básico de textos. Coerência, ênfase, clareza, simplicidade, concisão e vícios de linguagem comuns em textos científicos. Revisão bibliográfica. Revistas científicas, impacto e indexadores

PCF 644 – Comportamento de insetos

Introdução ao comportamento animal. Bases do comportamento. Comunicação nos insetos. Aprendizagem e memória nos insetos. Comportamento alimentar e forrageamento. Orientação e dispersão dos insetos. Comportamento de alarme e defesa. Territorialidade. Estratégias de acasalamento e seleção sexual. Comportamento social nos insetos.

PCF 645- Dendrologia

Definição e importância da dendrologia no contexto profissional e científico. Conceitos básicos de dendrologia. Evolução do sistema de classificação e nomenclatura botânica. Definição e classificação dos Biomas e das fitofisionomias brasileiras. Coleta e técnicas de herborização. Coleções: herbário, carpoteca e xiloteca. Critérios dendrológicos (formas de crescimento, tronco, copa, folha, e outras). Principais grupos taxonômicos de árvores. Método de reconhecimento de árvores (Gimnospermas e Angiospermas).

PPV620 – Manejo Sustentável de Plantas Daninhas

Biologia e ecofisiologia de plantas daninhas e espécies invasoras em ecossistemas naturais. Banco de sementes, dispersão e teorias da competição entre plantas: recursos abaixo e acima do solo. Métodos de controle, manejo integrado e tecnologia de uso de herbicidas. Culturas geneticamente modificadas com resistência a uma ou mais moléculas herbicidas. Mecanismo de ação de herbicidas e ecotoxicologia. Tecnologias de descontaminação ambiental de sítios contaminados por herbicidas

PPV  678 – Patologia Vegetal

Manifestação das doenças das plantas, histórico e o papel da fitopatologia no contexto da produção de alimentos; Eucariotos e procariotos como agentes responsáveis por doenças em plantas; Ciclo das relações patógeno x hospedeiro; Interação planta-patógeno no contexto bioquímico, molecular e ultraestrutural; Estudo de resistência de plantas a patógenos; Manejo das doenças das plantas no contexto da sustentabilidade; Epidemiologia; Indução de resistência.

PCF 800 – Advances in Plant Science

Leitura científica, seleção dos trabalhos mais impactantes em uma área de conhecimento, fator de impacto e citabilidade, aproximação com autores mundialmente reconhecidos, formulação de questões científicas, apresentação de resultados científicos de forma oral, uso da língua inglesa na comunicação científica

PCF 900 – Fundamentos de Filosofia da Ciência e Desenho Experimental

A disciplina será focada no formato científico de investigação e discussão de hipóteses. Além de serem apresentados à base conceitual fundante do método científico, os estudantes participarão de (1) atividades práticas teóricas envolvendo discussões sobre a apresentação e entendimento de resultados científicos e (2) discussões sobre a apresentação de resultados de acordo com a base da divulgação científica

PCF 803 – Tópico Especial em Mensuração Florestal

Serão oferecidas oportunidades específicas em tópicos especiais relacionados com os últimos desenvolvimentos no campo da mensuração florestal. Enfoque específico em novas tecnologias da área de mensuração. Com ênfase em softwares e procedimentos. Os tópicos envolvidos nas discussões serão definidos de acordo com as tecnologias desenvolvidas na atualidade. Sendo que para isso serão trabalhados 4 estudos de caso.

PCF 621- Tópicos especiais 2

PCF 622- Tópicos especiais 3

PCF – 623- Tópicos especiais 4