Perfil e atuação do discente

Mestrando

O mestrando vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal deve ter como eixo norteador um projeto com interface nas linhas e/ou sub-linhas de pesquisas dos docentes vinculados. Deve ter em mente que o programa é acadêmico e não profissional. Neste sentido, deve se atentar para as premissas que resguardam a sua pesquisa científica.

O curso de mestrado tem duração prevista de 24 meses, com duração mínima de 12 meses e duração máxima de 30 meses. As durações superiores ao tempo previsto dependem de aprovação do Colegiado. No que concerne às disciplinas, o número mínimo de créditos exigidos para integralização do programa é de 18 (dezoito) para o Mestrado  obtidos em disciplinas e demais atividades curriculares. Cada mestrando  elaborará, em conjunto com seu orientador, um projeto de pesquisa e um plano de estudos com as disciplinas a serem cursadas. As disciplinas são oferecidas anualmente, com exceção de disciplinas de Língua Estrangeira, Estágio em Docência, Seminários I, II (Mestrado) oferecidas semestralmente.

Na estrutura curricular são consideradas disciplinas obrigatórias: (i) Seminários I e II para os discentes do curso de Mestrado;  (ii) apresentar suficiência ou proficiência em língua inglesa pelas disciplinas de Língua Estrangeira I (Mestrado); (iii) Estágio em Docência vinculada a alunos bolsistas e deve seguir os critérios definidos em resolução específica. Seminários I, II, III e IV consistem apresentações satisfatórias por parte dos discentes, com tema referente à Ciência Florestal e as disciplinas são de responsabilidade da coordenação do curso, na figura do coordenador/vice coordenador, ou qualquer outro docente vinculado ao PPGCF.

O Estágio em Docência se destina a preparar os discentes de pós-graduação para a docência de nível superior, assim como contribuir para a qualificação do ensino de graduação. Apresenta resolução interna própria e é realizado em, no mínimo, 1 (um) semestre para discentes de Mestrado. As principias atividades de ensino do Estágio em Docência são: (i) auxiliar o professor a ministrar aulas teóricas ou práticas e, ou na elaboração de material didático para uso em disciplina da graduação; (ii) aplicação de métodos ou técnicas pedagógicas, como estudos dirigidos, seminários e equivalentes; (iii) ministrar curso de curta duração sobre um tema relacionado à sua área de pesquisa (oferecido gratuitamente aos estudantes de graduação e pós-graduação).

As demais disciplinas do programa são de Áreas de Concentração e Domínio Conexo.

Os discentes do programa podem cursar disciplinas em outros Programas de Pós-graduação stricto sensu credenciados pela CAPES na UFVJM ou em outras IES, por meio de equivalência ou não, desde que devidamente autorizados pelo orientador. Neste caso específico, o discente deverá apresentar requerimento para cada disciplina, com anuência do orientador, devidamente instruído e dentro dos prazos preestabelecidos no calendário acadêmico da UFVJM vigente à época. É permitido o aproveitamento de créditos em disciplinas consideradas equivalentes às da área de concentração ou domínio conexo, quando observada compatibilidade mínima de 75% da carga horária e do conteúdo programático. Os créditos aproveitados são transcritos no Histórico Escolar e estes entrarão no cômputo do coeficiente de rendimento acadêmico.

Todo discente é vinculado a um projeto de pesquisa, preparado segundo as orientações e sugestões do seu orientador, que é registrado junto à Diretoria de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG). O registro do projeto ocorre, no máximo, até a renovação de matrícula para o terceiro semestre do curso de mestrado.

Para a defesa de Dissertação (Mestrado) ou Tese (Doutorado), o discente deve ter completado os créditos em disciplinas, incluindo as obrigatórias, com obtenção de coeficiente de rendimento acumulado igual ou superior a 1,3; e ter cumprido as demais exigências legais. Como meio de divulgar o Programa, há obrigatoriedade pelo regimento interno de ampla divulgação da defesa cerca de 15 dias antes. A dissertação de mestrado será defendida perante uma Banca Examinadora composta por doutores, no mínimo 03 (três) membros, sendo pelo menos 01 (um) membro externo ao PPGCF, além de 02 (dois) membros suplentes, sendo 01 (um) deles externo ao PPGCF.

Após a aprovação da Dissertação ou da Tese, o pós-graduando é responsável por implementar as correções sugeridas pela Banca Examinadora e por adequar o trabalho de conclusão às regras de formatação vigentes. Segundo as normas institucionais deverá entregar versão definitiva da Dissertação ou da Tese, devidamente corrigida, na PRPPG. As dissertações e teses são, ainda, depositadas em versão digital no Repositório da UFVJM.

Doutorando

O doutorando vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciência Florestal deve ter como eixo norteador um projeto com interface nas linhas e/ou sub-linhas de pesquisas dos docentes vinculados. Deve ter em mente que o programa é acadêmico e não profissional. Neste sentido, deve se atentar para as premissas que resguardam a sua pesquisa científica.

O curso de doutorado tem duração prevista de 48 meses, com duração mínima de 24 meses e duração máxima de 54 meses. As durações superiores ao tempo previsto dependem de aprovação do Colegiado.

No que concerne às disciplinas, o número mínimo de créditos exigidos para integralização do programa é de 36 (trinta e seis) para o Doutorado, obtidos em disciplinas e demais atividades curriculares. Cada doutorando elaborará, em conjunto com seu orientador, um projeto de pesquisa e um plano de estudos com as disciplinas a serem cursadas. As disciplinas são oferecidas anualmente, com exceção de disciplinas de Língua Estrangeira, Estágio em Docência, e Seminário III e IV (Doutorado), oferecidas semestralmente.

Na estrutura curricular são consideradas disciplinas obrigatórias: (i) Seminários III e IV para discentes do curso de Doutorado; (ii) apresentar suficiência ou proficiência em língua inglesa pelas disciplinas de Língua Estrangeira II (Doutorado); (iii) Estágio em Docência vinculada a alunos bolsistas e deve seguir os critérios definidos em resolução específica. As principias atividades de ensino do Estágio em Docência são: (i) auxiliar o professor a ministrar aulas teóricas ou práticas e, ou na elaboração de material didático para uso em disciplina da graduação; (ii) aplicação de métodos ou técnicas pedagógicas, como estudos dirigidos, seminários e equivalentes; (iii) ministrar curso de curta duração sobre um tema relacionado à sua área de pesquisa (oferecido gratuitamente aos estudantes de graduação e pós-graduação).

As demais disciplinas do programa são de Áreas de Concentração e Domínio Conexo.

Os discentes do programa podem cursar disciplinas em outros Programas de Pós-graduação stricto sensu credenciados pela CAPES na UFVJM ou em outras IES, por meio de equivalência ou não, desde que devidamente autorizados pelo orientador. Neste caso específico, o discente deverá apresentar requerimento para cada disciplina, com anuência do orientador, devidamente instruído e dentro dos prazos preestabelecidos no calendário acadêmico da UFVJM vigente à época. É permitido o aproveitamento de créditos em disciplinas consideradas equivalentes às da área de concentração ou domínio conexo, quando observada compatibilidade mínima de 75% da carga horária e do conteúdo programático. Os créditos aproveitados são transcritos no Histórico Escolar e estes entrarão no cômputo do coeficiente de rendimento acadêmico.

Todo discente é vinculado a um projeto de pesquisa, preparado segundo as orientações e sugestões do seu orientador, que é registrado junto à Diretoria de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG). O registro do projeto ocorre, no máximo, até a renovação de matrícula e até o quarto semestre para o curso de doutorado.

As normas específicas do exame de qualificação, bem como o seu formato, são definidas no Regimento Interno do PPGCF. Todo discente candidato ao título de Doutor deverá submeter-se a exame de qualificação em prazo regulamentado por norma interna específica. Seu pedido é proposto pelo discente e aprovado pelo orientador e encaminhado ao Colegiado para apreciação. A Banca Examinadora é composta por, no mínimo, 3 (três) membros titulares e 1 (um) suplente, indicados pelo orientador e homologados pelo Colegiado do PPGCF.

Para a defesa de Tese (Doutorado), o discente deve: (i) ter completado os créditos em disciplinas, incluindo as obrigatórias, com obtenção de coeficiente de rendimento acumulado igual ou superior a 1,3; (ii) ter sido aprovado no exame de qualificação para os discentes em doutoramento e demais exigências legais. Como meio de divulgar o Programa, há obrigatoriedade pelo regimento interno de ampla divulgação da defesa cerca de 15 dias antes. A tese de doutorado será defendida perante uma Banca Examinadora composta por, no mínimo 04 (quatro) membros doutores, sendo pelo menos 02 (dois) membros externos ao Programa de Pós- Graduação e destes pelo menos 01 (um) externo à UFVJM, além de 02 (dois) membros suplentes externos ao PPGCF e destes pelo menos 01 (um) externo à UFVJM.

Após a aprovação  da Tese, o pós-graduando é responsável por implementar as correções sugeridas pela Banca Examinadora e por adequar o trabalho de conclusão às regras de formatação vigentes. Segundo as normas institucionais deverá entregar versão definitiva da Dissertação ou da Tese, devidamente corrigida, na PRPPG. As dissertações e teses são, ainda, depositadas em versão digital no Repositório da UFVJM.