Perfil e área de atuação do profissional

A Licenciatura em Educação do Campo da UFVJM pretende formar docentes que estejam preparados para o exercício da docência nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio no contexto das escolas que atendem às populações do campo, nas habilitações em Linguagens e Códigos ou Ciências da Natureza com capacidade de promover uma leitura crítica do mundo e de contribuir para o fortalecimento das políticas educacionais para o campo.

Na construção de processos educativos nas comunidades, o egresso estará apto para o trabalho formativo e organizativo com as famílias e/ou grupos sociais de origem dos estudantes, para liderança de equipes e para a implementação de iniciativas e/ou projetos de desenvolvimento comunitário sustentável que incluam a participação da escola.

Área de atuação do profissional

De forma geral, o campo de atuação profissional do Licenciado em Educação do Campo abrange cargos como professor/educador em escolas de ensino fundamental e médio, em escolas públicas, comunitárias ou privadas, que tenham preferencialmente uma ligação com o campo. Além de atuação nas escolas, estará apto a atuar em outros contextos formativos.

O licenciado com habilitação em Linguagens e Códigos poderá atuar como professor de língua portuguesa, de língua inglesa e de literaturas de língua portuguesa nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio, com campo de ação que envolve, além da regência de classe, atividades como a elaboração de materiais pedagógicos e de projetos de ensino em Linguagens e Códigos, assim como a preparação, o acompanhamento e a avaliação de atividades extraclasse, entre outras.

O licenciado com habilitação em Ciências da Natureza poderá atuar como professor de Ciências nos anos finais do ensino fundamental além de Biologia, Física e Química no ensino médio com campo de ação que envolve, além da regência de classe, atividades como a elaboração de materiais pedagógicos e de projetos de ensino de modo integrado na área das Ciências da Natureza, assim como a preparação, o acompanhamento e a avaliação de atividades extraclasse, entre outras.

O licenciado que tiver o intuito de complementar sua formação em outras licenciaturas, ou em cursos de pós-graduação lato e stricto sensu em qualquer instituição que ofereça essas modalidades de ensino, poderá, assim, expandir o seu leque de atuação profissional.

Desenvolvimento de competências e habilidades específicas

Para atingir o perfil desejado, o estudante deverá desenvolver as seguintes competências e habilidades:

  • Ter domínio dos saberes das diversas áreas do conhecimento, contempladas na matriz curricular, visando não só a sua mediação na docência, mas também à produção de novos saberes;
  • Ter visão global das estruturas político-econômico-sociais vigentes, o que lhe possibilitará o tratamento das questões educacionais de maneira integrada, como parte de um sistema universal de conhecimentos;
  • Ser capaz de desenvolver criticidade acerca do conhecimento específico das áreas contempladas neste projeto;
  • Ter conhecimento das metodologias e das tecnologias de pesquisa que lhe possibilitem assumir um papel ativo na produção do conhecimento;
  • Ter posição crítica frente às situações educativas, assumindo compromisso com a realidade social contemporânea das populações do campo;
  • Ter conhecimento das diferentes tecnologias da informação e comunicação, para usá-las de forma crítica;
  • Dominar mecanismos pedagógicos que fortaleçam a democracia como um princípio básico da educação, estimulando a participação coletiva no âmbito da comunidade e da escola;
  • Ter liderança, sociabilidade, iniciativa, dinamismo, criticidade e criatividade;
  • Conhecer estratégias para mediação de conflitos e desenvolvimento de habilidades de negociação.