Maria Cláudia Magnani

foto de perfil

Linha de pesquisa:

História, Cultura e Poder
(Professora Permanente)

 

e-mail:

magnani@redecitel.com.br

 

Lattes:

http://lattes.cnpq.br/5707092208757405

 

Quem é?

 
Professora adjunta de História da Arte no curso de Turismo da FIH – Faculdade Interdisciplinar em Humanidades da UFVJM – Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri desde 2006 e professora permantente do Programa de Pós-Graduação em Estudos Rurais – PPGER e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas – PPGCH da UFVJM . Fez Pós-doutorado na área disciplinar de História da Arte, na Classe de Ciências Humanas da Scuola Normale Superiore di Pisa, sob orientação de Maurizio Ghelardi (2016). Fez Pós-Doutorado em História da Arte- Elementos Decorativos na Falsa Arquitetura, no Departamento de Arquitetura da Università degli Studi di Firenze sob a orientação de Fauzia Farneti (2016).Doutora em História da Arte, linha História Social da Cultura, na FAFICH/UFMG (2013). Realizou estágio na Universidade de Évora, Portugal, sob orientação de José Alberto Gomes Machado, pelo Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE), financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Possui mestrado em História das Ciências da Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz (2004), especialização em Filosofia Contemporânea pela UFMG (1998), graduação em Filosofia pela UFMG (1990). Fez formação clínica em psicanálise nas Formações Clínicas do Campo Lacaniano de Belo Horizonte. È diretora de arte da Diarte – Instituto de Arte e Cultura de Diamantina.É vice-Líder do Grupo de Pesquisa Arte, Cultura e Sociedade no Mundo Ibérico -séculos XVI a XIX – (PPGH-UFPB/ Diretório CNPq)
 

Publicações:

Artigos:
 
MAGNANI, M C A O.. AS SIBILAS E A PINTURA DE FALSA ARQUITETURA DA CAPELA DE NOSSO SENHOR DO BONFIM: SINGULARIDADE PERSUASÓRIA NA DIAMANTINA DO SÉCULO XVIII. Saeculum (UFPB), v. n° 34, p. 87-103, 2016.
MAGNANI, M C A O.. Sibilas: da Babilônia ao Brasil. Revista Portuguesa de Humanidades, v. 20-2, p. 115-138, 2016.
MAGNANI, M C A O.; OLIVEIRA, E. P. . Órgãos do Minho e de Minas Gerais: um caminho possível. Misericórida de Braga, v. 10, p. 13-32, 2014.
MAGNANI, M C A O.. Entre o Minho e Minas: as veredas artísticas de José Soares de Araújo. Forum (Braga), v. 47-48, p. 139, 2013.
MAGNANI, M C A O.. José Soares de Araújo: um artista completo (Diamantina, século XVIII). Saeculum (UFPB), v. 28, p. 83, 2013.
MAGNANI, M C A O.; Sebastião Silva Gusmão ; Sílvio Pereira Ramos Júnior . Hospital do Contrato Diamantino, Santa Casa de Diamantina e Hospício da Diamantina. Revista Médica de Minas Gerais, v. 28, p. 249, 2013.
MAGNANI, M C A O.; Sebastião Silva Gusmão ; Sílvio Pereira Ramos Júnior . Hospital do Contrato Diamantino, Santa Casa de Diamantina e Hospício da Diamantina. Revista Médica de Minas Gerais (Belo Horizonte), v. 23.2, p. 249-263, 2013.
MAGNANI, M C A O.. Ética e Estética de uma Prática Moderna: é possível interrogar o turismo?. Revista Itacoatiara, v. 2.N.1, p. 106-115, 2012.
Livros publicados/organizados ou edições:
MAGNANI, M C A O.; OLIVEIRA, E. A. P. . Histórias de Sibilas Entre Braga e Diamantina. 1. ed. Braga: Vilaverdense, 2017. v. 500. 72p .
MAGNANI, M C A O.. Hospício da Diamantina: a loucura na cidade moderna. 1. ed. Belo Horizonte: ARGVMENTVM, 2008. v. 500. 104p .

Capítulos de livros publicados:
MAGNANI, M C A O.. Cultura pictórica e percurso de quadratura no arraial do Tijuco no século XVIII: elementos persuasórios e a influência de Andrea Pozzo. In: FRANCO, José Eduardo; RUIZ RODRIGUEZ, José Ignacio; ABREU, José Paulo Leite; BEATA Cieszynska. (Org.). Concilio de Trento. Innovar en la tradición. Historia, Teologia y Proyeccion.. 01ed.ALCALÁ DE HENARES: Universidad de Alcalá, 2017, v. , p. 510-525.
MAGNANI, M C A O.; OLIVEIRA, E. P. . Órgãos do Minho e de Minas Gerais: um caminho possível de aproximação entre as duas regiões. In: Eduardo Pires de Oliveira. (Org.). Minho e Minas Gerais no Século XVIII. 01ed.Vieira do Minho: Câmara Municipal de Vieira do Minho, 2016, v. 1, p. 159-174.
MAGNANI, M C A O.; OLIVEIRA, E. P. . José Soares de Araújo e Manuel Furtado de Mendonça: de Braga ao Tijuco. Reflexões sobre uma pintura perdida.. In: Eduardo Pires de Oliveira. (Org.). MInho e Minas Gerais no Século XVIII. 01ed.Vieira do Minho: Câmara Municipal de Vieira do Minho, 2016, v. 01, p. 175-188.
MAGNANI, M C A O.; OLIVEIRA, E. P. . José Soares de Araújo e Manuel Furtado de Mendonça: de Braga ao Tijuco. Reflexões sobre uma pintura perdida. In: Magno Moraes Mello. (Org.). Desenhando Palavras e Construindo Geometrias: Espaço Escrito e Espaço Pintado no Tempo Barroco. 01ed.Belo Horizonte: Clio Gestão Cultural e Editora, 2016, v. 01, p. 229-242.
MAGNANI, M C A O.; OLIVEIRA, E. A. P. . José Soares de Araújo e Manuel Furtado de Mendonça: de Braga ao Tijuco. Reflexões sobre uma pintura perdida. In: Magno Moraes Mello. (Org.). Desenhando Palavras e Construindo Geometrias: Espaço Escrito e Espaço Pintado no Tempo Barroco. 1ed.Belo Horizonte: Clio Gestão Cultural Editora, 2016, v. 1, p. 229-242.
MAGNANI, M C A O.. Pinturas setecentistas das sibilas no Arraial do Tijuco, Brasil: reinterpretação artística e invocação da morte de Cristo. In: Pinto, Ana Paula. (Org.). Do Reino das Sombras Figurações da Morte. 1ed.Braga: Aletheia Associação Científica e Cultural Publicações da Faculdade de Filosofia Universidade Cat., 2014, v. 1, p. 1-7.
MAGNANI, M C A O.. José Soares de Araújo: Um Artista Luso-brasileiro no Século XVIII. In: Carlos Eduardo Silveira; Juliana Medaglia. (Org.). DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO EM CIDADES HISTÓRICAS: estudos de caso de Diamantina. 1ed.Diamantina: UFVJM, 2014, v. 1, p. 80-98.
MAGNANI, M C A O.; FERMREIRA, M. L. . Historiografia Oral nas Trilhas da Estrada Real. In: Núria Galí Espelt. (Org.). Itinerarios Culturales La Experiencia del Camino de los Diamantes. 1ed.Girona: Documenta Universitaria, 2010, v. 1, p. 117-126.