Linhas de Pesquisa

Nome

Descrição

Estudos da Linguagem e Cultura

Esta linha de pesquisa tem como objeto de investigação as relações interdisciplinares que envolvam, direta ou indiretamente, as áreas dos Estudos da Linguagem, dos Estudos Literários, da Cognição e dos Estudos da Cultura. A linha abrange, nesse sentido, a investigação da natureza e da função da linguagem, no âmbito dos discursos da Linguística, da Teoria Literária, da Literatura Comparada, da Literatura Estrangeira, da Psicologia, da Filosofia da Linguagem, da Filosofia da Mente e dos Estudos Lusófonos.

Psicologia, Educação e cultura

Esta linha objetiva desenvolver projetos de pesquisa sobre Educação e Psicologia, numa perspectiva interdisciplinar. A partir dessa perspectiva, a linha investiga temáticas relacionadas à educação formal (Básica e Superior) e não-formal, formação de professores e saberes docentes, processos de ensino-aprendizagem, tecnologias na educação, educação inclusiva e especial, fenômenos psicossociais, culturais e processos de subjetivação.

Política, cultura e sociedade

Objetiva a análise das questões que envolvem a representação de agentes sociais e suas formas de mobilização frente às transformações do mundo moderno o contemporâneo. Questões em torno da identidade, da formação cultural e patrimonial, culturas regionais, participação popular, movimentos pela cidadania, a emergência da cultural como espaço de realização política, etc. constituirão as categorias centrais desta Linha de Pesquisa.

História, cultura e arqueologia

 Esta linha de pesquisa contempla o entrelaçamento interdisciplinar dos campos da cultura, patrimônio, arte, arqueologia, educação e que permeiam um número significativo de pesquisas acadêmicas na área das Ciências Humanas e, particularmente, da História, e que têm, como objetivo, o entendimento das formas de organização material e simbólica, expressas por meio de uma multiplicidade de discursos textuais e imagísticos, bem como as relações de dominação, implícitas ou explícitas, contidas no processo de modelagem de comportamentos e atitudes.

Estudos contemporâneos: Estado, trabalho, tecnologia e relações étnico- raciais

Essa linha, de caráter interdisciplinar, objetiva propiciar a articulação entre os estudos históricos e contextualizados de elementos fundantes da forma-estado e das áreas correlatas: grupos e classes sociais, racismo estrutural, ciência & tecnologia, economia & política, educação e trabalho. Para tanto, os estudos e as pesquisas realizadas nessa linha priorizam o pensamento crítico em todas as abordagens. A partir da análise crítica da forma-estado serão tratados, de forma interseccional, as demais áreas correlatas.